quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Acaba-se 2009...


... um ano difícil para mim, interiormente. Não é fácil explicar isto.

Essencialmente, aconteceram muitas coisas boas. Muito boas mesmo! A primeira, a mais importante e a mais feliz: casei em 2009. Fiz viagens maravilhosas, emagreci 5 kgs e engordei-os novamente (LOL), dancei muito, fiz uma sessão fotográfica inesquecível, a minha C. fez uma Melzinha que eu estou ansiosa por conhecer em 2010 (e foi seguida por outras amigas)... e muitas outras coisas, certamente, mas que agora não me ocorrem.

Talvez mais importantes do que as coisas boas que me aconteceram, são as más que NÃO aconteceram. Felizmente.

No entanto, 2009 foi um ano em que me senti, salvo nas situações que apontei acima e que me fizeram tão bem, quase sempre triste, perdida, angustiada, às vezes quase a enlouquecer. São estados mentais difíceis de explicar, e que eu tentei sempre anular, mas que - mau-grado a minha vontade de os fazer desaparecer - estiveram sempre comigo e que me "atormentaram" bastante.

A minha maior luta para 2010 é conseguir expulsá-los definitivamente da minha vida. E despentear-me valentemente! ;)

Sem comentários: