segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Mas como não há bela sem senão...


... o dia de sábado teve o seu momento alto. Dei um mega trambolhão no meio da rua! Fiz (mais) uma distensão dos ligamentos do tornozelo direito, esfolei os joelhos, rasguei as leggings. Linda menina.
O melhor de tudo é que estas tristes figuras já são tão habituais em mim, que já ninguém liga por aí além. Em média, dou 4 a 6 trambolhões destes por ano. Sem contar com as ameaças, que são mais que muitas. A explicação científica que me deram - já há uns anitos - foi que os meus ligamentos são tão elásticos (em comparação com os dos comuns mortais), que me provocam esta falta de estabilidade no andar. Desconfio que o facto de eu ser distraída e andar sempre de nariz no ar também tem algo a ver - mas é só uma suspeita.
Enfim. O ser tão desastrada faz parte do meu charme natural. Or not.

Sem comentários: