quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

O que é mais correcto?


Quando temos uma amiga com um dilema na cabeça... por um lado, apetece-nos ser o que consideramos "uma boa amiga", dizer-lhe a verdade sobre o que pensamos porque é a única forma que vemos de a ajudar, embora isso possivelmente não seja a coisa mais fácil de ouvir... Por outro, sabemos que ela nem sequer tem culpa de não conseguir ver a mesma realidade que nós, e que no fundo o que ela realmente quer é que lhe validem os sentimentos, que lhe digam que está certa, que lhe dêem força e esperança num desfecho que ela tanto anseia - embora saibamos que se fizermos tudo isso não a estamos a ajudar em nada.
O que é certo?... Magoar para ajudar? Ou não magoar, mas também não ajudar?
Eu sempre fui adepta da primeira, porque é assim que gosto que ajam comigo - mas fazê-lo já me deu resultados muito desagradáveis. De momento, limito-me a ser uma boa ouvinte e a guardar para mim os meus juízos de valor... e a adiar os meus conselhos de amiga até que mos peçam directamente.

1 comentário:

Miss Star Pink disse...

Dear Queen penso eu que já conheces um bocadinho a minha maneira de pensar, portanto amiga que é amiga diz sempre a verdade, mesmo que essa no momento possa doer. Para falsidades já chegam as outros comuns mortais que dizem "Ámen" a tudo!
Eu cá não sou "Miss" para andar a guardar opiniões para mim, digo na hora e mais nada! (esta frase deve ser lida com mta entoação, principalmente na palavra nada)
Beijoca