terça-feira, 30 de março de 2010

Não há coincidências.


Ontem à noite a I. mencionou esta frase de que tanto gosto. E hoje li uma referência a ela num dos blogues que sigo. Um dos meus motes nesta vida é que não há coincidências. As coisas acontecem por um motivo, porque têm de acontecer. Assim, será uma mensagem do cosmos para mim? Eu acredito que sim. Está encaixada!

5 comentários:

Kika disse...

Será que foi no meu? Escrevi algo do género mas acho que não comentaste... :)
Eu acredito que às vezes é mesmo o universo a conspirar ;)

Queen of Hearts disse...

Kika, já te respondi lá no teu cantinho. :)

Kika disse...

Já vi, já vi.
Também acho que tudo acontece por um motivo, na altura certa, no melhor momento. Até as coisas piores! E ao longo da vida, várias vezes, já tive a prova de que é assim! "E saber também aceitar que, por vezes, as coisas que achamos que queremos não são o melhor para nós". Isto para mim é a chave. Saber esperar que o melhor chegue e aceitar o que chegar. Mas nunca deixar de querer e acreditar.
Também estou num ponto de viragem, ou pelo menos estou a caminho :)

VannD disse...

Acho que fui eu que disse esta frase [na minha ultima encarnação enquanto bebia um copo com o meu grande amigo Hemingway na Bodeguita del Medio :)]
Pronto, se não fui eu, podia ter sido :)

Sou o eterno optimista e acredito que o que nos acontece não é por acaso. E por isso mesmo devemos manter o espírito aberto e aceitar o destino como ele nos é apresentado.

Aceitar os dois lados da moeda. Quer saia cara ou coroa.

Vee disse...

Li uma frase sobre isso, como é que era? Qualquer coisa como "as coincidências são a forma de Deus trabalhar anónimo", qualquer coisa assim :)