terça-feira, 25 de maio de 2010

Lost


Ontem eu é que fiquei lost com o final da série. Alerta: possível spoiler ahead - depende do vosso grau de conhecimento da série.

Confesso que me sinto bastante defraudada e desiludida. Nada que eu de certa forma já não esperasse, mas ainda assim... Se calhar tinha esperanças por um milagre.

Sinto-me defraudada porque acompanhei a série durante 6 anos, primeiro com muito entusiasmo, depois a meio perdi a paciência e já era o M. que me "obrigava" a ver, depois recuperei o gosto, mas o certo é que foram 6 anos de fidelidade. E, no final, fico com as mesmas dúvidas de sempre. A escotilha? O projecto Dharma? As viagens no tempo? Aquela maquininha que tinha de se estar sempre a ligar a cada x segundos? O Mr. Eko e todas as personagens que foram aparecendo ao longo das temporadas? O rapto do Walt? O Charles Widmore, que tinha tanto peso na história e, de repente, é esquecido? Tudo isto foi esquecido, e tanto que falta nomear? Bem, se eu continuasse...

Fico chateada porque acho um desrespeito por todos nós que conhecemos todas as seasons impingirem-nos um final deste tipo, fácil e indolor (para quem teve de o escrever). No limite, pareceu-me um final do género: "E bateram todos com a cabeça na mesinha de cabeceira e acordaram" ou como disse o Bart Simpson "End of "Lost": it was all the dog's dream".

Mas pronto, as horas passam e eu vou ficando mais conformada. O episódio em si foi giro e empolgante, como vários desta última temporada. Vou ter saudades do Jack e do Sawyer. E dos outros personagens também. Afinal, eram eles quem me prendia à trama. E não o inverso.

Para quem quiser ler uma boa análise do final de Lost, podem fazê-lo aqui.

2 comentários:

Olhos Dourados disse...

Nunca me interessei muito por essa série.

VannD disse...

Acredito que não era fácil arranjar um final que satisfizesse a gregos e a troianos. >Mas assim também não. Optar pelo mais fácil... não!
Tanta imaginação durante 6 seasons e de repente... pufff! Acabou a imaginação!
Podia não ser o fã nº1 mas era o nº2 ou nº3. Tenho que confessar que fiquei um booocadinho desiludido com o final da série (não com os últimos episódios que foram muito bons).

M.