segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Seriously?!...


Quando dei início a este blog, tive duas motivações: primeiro, tentar criar um escape do quotidiano, que fosse só meu, num momento em que me senti necessitada de algo; segundo, poder comunicar com o mundo em geral, e com aqueles que não estão perto de mim em particular, partilhar os meus pensamentos, os meus gostos, as minhas pequenas loucuras.

Garantidamente, nunca foi minha prioridade ter muitos ou poucos seguidores, muitos ou poucos comentários, ser muito ou pouco popular, criar polémicas ou provocar impressões. A mim sempre me bastaram as minhas pessoas, embora seja extremamente ligada ao que elas pensam de mim e ao que têm para me dizer.

No entanto, depois de se entrar neste mundo, é difícil desconectarmo-nos das suas contingências e das suas características. Às vezes, não vou mentir, dou por mim a pensar por que motivo as minhas reflexões nada suscitam em quem me lê. Ou por que será que tenho tão poucas visitas, tão poucos seguidores. São pensamentos efémeros, porque felizmente rapidamente me volta a noção de que não é esse o meu propósito, nunca foi, não o é agora. E sei que não tenho nas mãos o tempo que seria necessário para poder verter aqui todas as coisas profundas e as ainda mais frequentes "parvoíces" que me passam pela cabeça.

Mas confesso que fiquei triste quando o M. me chamou a atenção para o facto de que perdi um seguidor. Perdi um! Já são tão poucos. Certamente que isso não acontecerá por falta de motivos. Mas perder seguidores? Seriously?...