terça-feira, 19 de outubro de 2010

Cleansing time


Diz a minha amiga B. que está em fase de limpezas e arrumações, a arrumar o sótão e a limpar o jardim, deixando apenas as flores que poderá fazer crescer.

Seja esta limpeza em sentido literal ou figurado, acredito que é de uma importância fulcral nas nossas vidas. Chega sempre uma altura em que precisamos de nos desfazer do velho e desnecessário e manter apenas aquilo que nos é essencial. Para deixar a energia fluir livremente.

1 comentário:

Kika disse...

Por acreditar nisso, já limpei as gavetas, os armários, o escritório... Mas tenho a impressão que me estou a esquecer de alguma coisa importante...