segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Ainda sobre o The Social Network

Esqueci-me de dizer que um plus do filme, para mim, foi ter o Justin Timberlake. Não o acho nada canastrão. E por outro lado... confesso. Na categoria copinho-de-leite-com-ar-de-quem-não-parte-um-prato-mas-até-é-meio-safardolas-cabelinho-aos-caracóis-e-tudo, há ali qualquer coisa. O rapaz tem algo de cérebro a funcionar, canta e dança e até tem bastante graça. Ergo, he's hot. Kind of.

4 comentários:

Sheron Neves disse...

Para mim tambem foi meh.... Eh um filme ok mas nao eh tuuudo que se comenta, e muito menos merecia, na minha humble opinion, o Globo de Ouro, de deveria ter ido para maos mais merecedoras como as dos produtores do lovely The King's Speech.

Quer saber minha parte favorita de Social Network? (fora o Justin, claro) O trailer. Aquela versao do "Creep" pelo Scala and Kolacny brothers ficou demaaaais.
Abracos,
Sheron.

PS: Vossa Majestade ainda me deve uma visita... Passa la, tem varias novidades sobre Mad Men e otras cositas mas ;-)

Rita G. disse...

Adoro o Justin, mas não gostei nada do social network...bj!

Nokas disse...

Deu para entreter...esta é a minha conclusão!

Queen of Hearts disse...

Sheron: concordo 100% com tudo - filme, Globo e banda sonora. :) É verdade, ainda lhe devo uma visita. Vou passar por lá ;)Beijinho

Rita, pois, estás mais ou menos como eu. O filme não me prendeu mesmo nada, valha-lhe o cariz informativo, a BSO, como a Sheron apontou e bem, e o eye-candy (para mim) que é o JT. De resto...

Nokas, deu. Pelo motivo apontado agora. :P