sábado, 22 de janeiro de 2011

E eu vou continuar a dar-lhe com a dança...

... as paixões são assim.

Pela mão do meu M., descobri esta coreografia do SYTYCD Canada. Não é por acaso que a Stacey Tookey é uma das minhas coreógrafas de contemporâneo preferidas. Esta peça é de uma sensibilidade, de um abandono, de uma dor... É memorável.

2 comentários: