quarta-feira, 23 de março de 2011

Não nos enganemos, meus amigos

Isto está mau. De tal forma que parece um dead end. As alternativas são feias, porcas e más. Com um leque de opções como aquele que temos à nossa frente, torna-se difícil envergarmos alguma esperança, quanto mais convicção. E é certo e sabido que a crise política nunca aproveitou a ninguém. Mas não nos enganemos. Pior do que o que estava, isso garantidamente não fica. A menos que, no próximo Verão, o povo mostre pela terceira vez o quão gosta de correr com uma cenoura à frente do f... nariz, pendurada numa caninha, que vez após vez lhe vai ser negada. E, mais uma vez, a volta seja de 360 graus.