domingo, 26 de fevereiro de 2012

E o meu amor...

... maior que tudo, embora um dos mais pequeninos em tamanho real, fez hoje quatro mesinhos. É o orgulho incontido de sua mãe, todos os dias um pouco mais ligada a ele, um pouco mais apaixonada por ele. Este amor incomensurável é assim que é vivido por cá, não despontou brutalmente e todo de uma vez num único momento, já de si pleno de emoções, dores, medos e alívio. Vai aumentando os decibéis de dia para dia, já gritando no meu ouvido e tornando-se impossível de abafar por quaisquer outras sensações.

6 comentários:

Sara disse...

Belíssimas palavras! =) Esse sentimento, quase impossível de descrever foi por ti descrito demasiado bem :)

Espero em breve poder sentir-lhe o gosto também! Deve ser maravilhoso o amor que uma mãe sente por um filho e a minha apesar de não ter nascido ainda já é tãaaao amada ;)

Felicidades, querida! :) :) :)

N.A. disse...

Que descrição tão linda e verdadeira, amiga!
Beijinhos grds

Vee disse...

Parabéns pelos 4 meses do pimpolho.

Queen of Hearts disse...

Sara, parabéns! É uma altura da vida tão boa! Aproveita todos os momentos :)

Amiga N., Obrigada. Por tudo ;)

Vee, obrigada :)

Pipita de Chocolate disse...

QoH apetece ir já ter um filho! Tenho uma sobrinha com 3 mesinhos que é uma delícia! Boa namorada para o Mi!

Beijocas

Queen of Hearts disse...

Eheheh Pipita, fazemos o arranjinho :) Com todo o gosto!