quinta-feira, 1 de março de 2012

É impressão minha... #1

... ou todas as housekeepers e afins (detesto o termo empregada, não sei por quê, e acho sooooo novo-rico dizer-se "a minha empregada", mesmo que se fale da mulher-a-dias) têm uma costela - eu diria até uma caixa torácica inteira - de decoradoras, arquitectas de interiores, you name it?

A menina que cuida da limpeza semanal aqui do nosso humilde lar, do engomanço - que esse então é mesmo cena que não me assiste - e ocasionalmente babysitta o meu filhote tem uma brutal costela dessas. Gosto mesmo muito dela, mas se há coisa que mexe com os meus nervos é todas as semanas ter de voltar a pôr as plantas no sítio delas, tirar os objectos da diagonal e recolocá-los na posição que eu gosto, etc. etc. etc. Já para não falar da loiça que é guardada nos locais mais estranhos, tudo fora do seu sítio, da roupa que idem aspas, e da Bimby que eu ia assassinando porque estava com um aspecto perfeitamente normal, como se estivesse completamente montada, mas na realidade não estava e por causa disso eu afoguei-lhe o motor com um litro de água.

9 comentários:

Turista disse...

Querida QH, por aqui chamamos funcionárias! E já sabes que cada um tem dentro de si, um pequeno/a decorador/a! ;)

siceramente disse...

oh mas ai é só para se fazer notar :P lool

Izzie disse...

Tchi, a minha é tal e qual, se embica que determinado objecto deve estar de certa forma, não há hipótese. E quanto á bimba, monto-a eu, sempre, que uma vez ia-me acontecendo uma dessas.

anabenfica disse...

É...confirma-se, é mal geral.

Vee disse...

Eu não tenho nenhuma "assessora do lar" mas acho que quando alguém nos dá um jeito na casa acaba por arrumar muitas coisas à sua maneira. Deve-lhes fazer confusão porque é que as coisas não estão arrumadas de uma maneira que lhes parece mais fácil. Apesar de eu achar que não devem mudar nada de sítio, eu não ía gostar.

Queen of Hearts disse...

Vee, isso até pode ser o caso em muitas situações, mas asseguro-te que não cá em casa. :) A minha forma de arrumar/decorar não poderia ser mais simples e minimalista, até fica mais complicado da forma que ela coloca os objectos. É mesmo uma questão de gosto. Ou então de hábito (como os tupperwares, que eu guardo sempre destapados porque caso contrário ganham um cheiro incomodativo, juntando todas as tampas numa caixa no mesmo armário, e a rapariga, mesmo vendo a minha forma de fazer, os tapava antes de os amontoar dentro do armário).

anabenfica disse...

A minha tem a mania de inclinar os tapetes. Dá-lhe para aquilo e não há volta a dar.

Também tem a mania de por um dos tapetes do WC com o avesso para cima, deve achar que é mais bonito assim.

Quanto às arrumações eu aprendi que, antes de ela chegar tenho de arrumar TUDO, senão fico meses à procura das coisas. Certo dia não sabia das minhas pantufas, fui encontra-las numa mini garrafeira que temos na despensa que raramente usamos.

Também estive tempos infinitos sem saber de um prato que uso para os bolos. Ela lá pensou que por ser prato de bolos tinha de ficar arrumado na boleira de plástico que uso quando o rei faz anos.

Vee disse...

Então é porque é teimosa :)

yara2 disse...

A que vem cá em casa dar uma ajuda 1x por semana também tem dessas coisas...

Quando passa a roupa, acha que as camisas ficam melhor dobradas mesmo vendo que estão todas penduradas...

Quando fui de férias ficou de dogsyster do meu cão, pois bem, resolveu dar uma arrumação a tudo e quando cheguei passava a vida a telefonar a perguntar onde estavam as coisas...

Deve ser geral...