domingo, 24 de março de 2013

Este tinha mesmo de linkar...

... depois de ter levado um verdadeiro atestado de burrice no centro de saúde. Devia imprimir este texto e levá-lo comigo da próxima vez que lá for.

3 comentários:

Vee disse...

Já tinha ouvido falar dessa teoria (não no centro de saúde) e como sempre faço procurei logo a contra-teoria, o que não foi difícil encontrar.
A minha experiência prática resume-se ao seguinte: a ponta fina facilita a inserção do dito e acredito que magoe menos a fazê-lo, se o supositório sair é por não foi bem posto.
O problema das teorias é que se procurarmos bem vamos sempre encontrar alguma para justificar aquilo que queremos fazer.

Queen of Hearts disse...

É mesmo. Eu sempre fiz exactamente o mesmo raciocínio que tu. No final da aplicação tento eliminar a impressão de expulsão ao apertar o rabito dele. E assim não sai. Parecia-me uma parvoíce estar a inserir o supositório pela parte mais larga e romba. Ainda bem que não deixei.

Mi♥ disse...

Também já me tinham falado disto. Um colega que é enfermeiro dizia que o supositório devia ser inserido assim mesmo, a ponta mais larga e achatada em primeiro. Mas eu nunca fui capaz de o fazer à M! E aqui, nem na clínica, nem nenhum dos pediatras que já a viram, o tentaram fazer! Como dizem, após a aplicação, faz-se um pouco de pressão no rabito deles para não sair e não sai mesmo! Mais um caso que comprova que (em alguns casos) a idade não traz mesmo sabedoria e que o bom-senso e o nosso instinto de mães tem um lugar muito importante como "filtro" daquilo que vamos ouvindo... ;)
Bisou