quarta-feira, 17 de julho de 2013

Priorizar, organizar - com sucesso?

Inspirada por esta publicação da I., decidi dar uma volta à minha precária gestão de tempo e organização pessoal. Vai daí, adoptei três dos essenciais que são referidos neste post: o Pomodoro, a regra do 8-8-8 e a regra dos dois minutos.

Quanto ao Pomodoro, descarreguei de imeadiato a aplicação para o telemóvel e devo dizer que adorei. Realmente, é uma pequena grande ajuda para incentivar uma cabeça-no-ar como eu a manter-se na linha, a não falar para o lado, a controlar o tempo útil, a destralhar o meu tempo de trabalho. :) Estou definitivamente fã!

As outras duas regras estão a ser mais difíceis de implementar. A regra do 8-8-8 é mesmo um projecto que gostaria de transformar em prática corrente na minha vida. Com um pequeno traço de realidade em relação ao conceito da regra em si... A regra determina que, seguindo à risca esta divisão horária do dia em três tranches de 8h cada, deveremos ficar com 8h de sono, 8h de trabalho e 8h de lazer. Ora... A verdade é que começa logo a batota nas 8h de sono. Nunca, mas nunca, consigo dormir essas 8h. Esta noite, por exemplo. Quando me deitei, verifiquei que já faltavam apenas 7h para o despertador tocar. Nos entretantos, filho querido acorda às 3h da matina e ninguém mais dormiu naquela casa pelo menos até às 4h30. 8h de sono para o tecto. As 8h de trabalho ainda consigo cumprir - agora passo a chamar-lhes 16 Pomodoros. :) As 8h de lazer terão de incluir refeições, banhos, cozinhar, arrumar, fazer máquinas de roupa, estender, dobrar, ir à mercearia e ao talho... Mas vá, hoje em dia essas coisas para mim SÃO lazer, à falta de melhor!

Por fim, a regra dos dois minutos é, cheira-me, a que mais dificuldades me vai apresentar. Já há bastante tempo que tento priorizar, mas a verdade é que a minha linha de trabalho é cheia de "para ontens", todos eles aparecendo hoje e sem pré-aviso. Isso boicota largamente a criação e a implementação de um eficaz sistema de prioridades. A regra dos dois minutos é intimamente ligada à questão das prioridades. Até agora ainda não a apliquei... mas está na forja e sempre na minha cabeça!

2 comentários:

Vee disse...

Vou ver o que é isso do Pomodoro...
Gestão do tempo é um caos! Eu era fã das listinhas, das agendas mas depois fui deixando de fazer. Com filhos é preciso muito método na organização.

Erica disse...

Vê lá. Não te fixes nisso das 8h que depois ficas com sentimentos de culpa ;) Como tudo, essa técnica tem que ser utilizada com moderação :)