quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

On and off

Mais uma vez, acho que não é regime andar para trás e para a frente, in and out, on and off. Acho que - ao contrário do que eu pensava, ou do que me queria convencer - isto de ter um blogue definitivamente não é para mim. Acho que as publicações que têm sido feitas por cá falam por si.
Adicionalmente, acho que sequer ler blogues seja exercício que eu deva praticar. Acho que me faz mais mal que bem. Acho que desperta em mim demasiada negatividade o ver a crítica constante, a tudo e a nada, o ridicularizar-se tudo e mais alguma coisa da vida alheia, o azedume. Acho que desperta em mim uma comparação demasiadamente auto-crítica ver noutras pessoas o estilo de vida saudável que perdi sei lá onde. Enfim, it's not you, it's me. Talvez seja eu que leia os blogues errados, entre outros que - pela inteligência, pela proximidade ou pela boa onda, e estas pessoas sabem quem são - são tão certos. E talvez seja eu que precise de me encontrar lá fora, e não aqui dentro do mundo perversamente absorvente da internet.

Alas, não vos prendo mais. Às pessoas que me lerem, um obrigada e um abracinho bom. Vou viver.
Caso me venha a arrepender, até um dia destes. Smily face.

6 comentários:

Erica disse...

Sabes que me revejo muito neste post. Já escrevi várias vezes sobre isto, especialmente sobre a parte dos blogs criarem um grau de auto-exigência enorme e, tal como tu, ando in and out sempre. Escrevo um dia, no dia seguinte canso-me. Mas é assim que eu sou, é assim que tu és.
Deixei de ler blogs, leio ocasionalmente e apenas um ou outro. Tenho pena de deixar de ler o teu, com o teu humor tão próprio :) Mas a vida não é só isto e tu continuarás aí.


Um grande beijinho

Queen of Hearts disse...

Obrigada, minha querida. Um beijinho enorme.

Vee disse...

Percebo, mas olha que eu gosto de te ler, mesmo que seja a conta-gotas.

Queen of Hearts disse...

Oh, Vee :) You warm my heart :*

Mi♥ disse...

In or out, seja como for, escreve quando te der na gana.
Irrita-me este sentimento de obrigatoriedade dos blogues. Não é um diário, não devia ser onde podemos extrapolar e ter asas? Não é um trabalho, não tem horário das 3 às 5... Por isso, eu só escrevo quando quero mesmo escrever. Pode ser sobre coisas estúpidas, fúteis, grandes problemas, desabafos de tristeza, outbursts de alegria! Ou também posso ficar um m~es sem escrever. Whatever. Escrevo para mim e para aqueles que, ainda que longe, me são próximos. Quando, e o que me apetece. Não exijas tu mais de ti do que isto... :) See you soon!

Queen of Hearts disse...

Mi, obrigada pelo carinho, querida. Não faço *mais* esta pausa tanto por causa da frequência das publicações, como pelo que está por detrás da parca frequência das publicações: a falta de vontade, o sentimento meh, o facto de não me sentir propriamente bem e não me apetecer carregar isso nos outros. É que não me apetece particularmente falar de momento.
E noto que ler determinados blogs também não me faz bem (não os das minhas queridas amigas, como é claro). I need a break, that's all. ;)
Beijo grande