quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

On and off

Mais uma vez, acho que não é regime andar para trás e para a frente, in and out, on and off. Acho que - ao contrário do que eu pensava, ou do que me queria convencer - isto de ter um blogue definitivamente não é para mim. Acho que as publicações que têm sido feitas por cá falam por si.
Adicionalmente, acho que sequer ler blogues seja exercício que eu deva praticar. Acho que me faz mais mal que bem. Acho que desperta em mim demasiada negatividade o ver a crítica constante, a tudo e a nada, o ridicularizar-se tudo e mais alguma coisa da vida alheia, o azedume. Acho que desperta em mim uma comparação demasiadamente auto-crítica ver noutras pessoas o estilo de vida saudável que perdi sei lá onde. Enfim, it's not you, it's me. Talvez seja eu que leia os blogues errados, entre outros que - pela inteligência, pela proximidade ou pela boa onda, e estas pessoas sabem quem são - são tão certos. E talvez seja eu que precise de me encontrar lá fora, e não aqui dentro do mundo perversamente absorvente da internet.

Alas, não vos prendo mais. Às pessoas que me lerem, um obrigada e um abracinho bom. Vou viver.
Caso me venha a arrepender, até um dia destes. Smily face.